Festival Qingming – 清明节

Essa sexta-feira – 5/4 – vamos celebrar às 16h o Festival Qingming. O evento acontecerá no gramado em frente à BCCL.

O Festival Qingming geralmente acontece na primeira metade do terceiro mês do calendário lunar chinês, que, esse ano, corresponde a aproximadamente dia 05/04 do calendário gregoriano. Esse festival é o único que é celebrado junto com o “termo solar chinês”. “Qingming”, na verdade, é um dos 24 termos solares da China, sendo o primeiro do terceiro mês do calendário chinês. Em Qingming, a temperatura sobe e aumentam as chuvas, assim, os camponeses iniciam seus plantios e cultivos primaveris. Portanto, o Festival Qingming era, originalmente, uma celebração agrária.

Posteriormente, no período das Primavera e Outono (722 a.C – 481 a.C), registrou-se a morte de Jie Zhitui, aristocrata reconhecido por sua fidelidade que jurou sua vassalagem junto ao Duque Wen de Jin, um dia antes do Festival Qingming. Para homenageá-lo, as pessoas declararam um cessar-fogo por três dias consecutivos, alimentando-se somente de comidas frias, além de ir até o túmulo de Jie Zhitui para cultuá-lo. Por isso, o Festival de Qingming também é conhecido como “Festival de Comidas Frias”. Além disso, a população também cultiva o hábito de, nesse dia, ir até o túmulo de seus antepassados para fazer limpeza e cultos. Portanto, essa prática se tornou uma das atividades mais importantes no Festival Qingming. Foi em meados da Dinastia Tang (618 d.C – 906 d.C) que os festivais Qingming e de Comidas Frias se unificaram, tornando-se o Festival Qingming que conhecemos hoje.

Há dois costumes que os chineses praticam no Festival Qingming, a saber: limpar o túmulo e cultuar os antepassados; e aproximar-se da natureza e aproveitar o momento primaveril para diversões. Nesse dia, os chineses levam vinhos, frutas, comidas e dinheiro – feito com papel específico –  entre outros objetos, para os túmulos de seus antepassados. Eles oferecem os alimentos preparados diante o túmulo e queimam o dinheiro de papel. Além disso, espalham novas terras e plantam novos galhos no túmulo. Por fim, fazem reverência antes de ir embora.

Após essa cerimônia, os chineses gostam de passear com a família, apreciando as paisagens da primavera. Esse costume os chineses chamam de “Ta Chun”, isto é, literalmente, “pisar a primavera”. Além do passeio, os chineses também soltam pipa, brincam em balanços, jogam cabo de guerra, entre outras maneiras de entretenimento.