Chinese Bridge 2022: seleção na Unicamp

No último dia 3 de abril de 2022, o Instituto Confúcio na Unicamp promoveu via Zoom a competição de proficiência em língua chinesa Chinese Bridge na Unicamp. Organizada a fim de selecionar os alunos de nosso Instituto que participarão da etapa nacional do Chinese Bridge (a ocorrer no domingo, 29/05), a competição serve também enquanto estímulo ao aprendizado de mandarim e reflexão sobre o conhecimento da língua.

Os estudantes do Instituto Confúcio na Unicamp foram organizados em duas categorias: Ensino Médio, que contou com alunos do Colégio Técnico de Campinas (COTUCA) e do Colégio Técnico de Limeira (COTIL), e Ensino Universitário, que teve a participação de alunos da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Durante todas das etapas da competição, “minidiscurso”, “compreensão auditiva”, “leitura em chinês” e “show de talento”, os participantes mostraram suas múltiplas habilidades com a língua chinesa.

Convidados

Os convidados que abriram o evento foram Osvaldir Taranto, diretor da Diretoria Executiva de Relações Internacionais (DERI/Unicamp), Alan Yamamoto, professor e ex-diretor do COTUCA, Bruno de Conti e Gao Qinxiang, diretores do Instituto Confúcio na Unicamp. O professor Osvaldir elogiou o trabalho do Instituto e ressaltou a importância do evento para a promoção do aprendizado de mandarim. Baseando-se em sua própria experiência enquanto estudante da língua, o prof. Alan destacou quanto o aprendizado de uma língua é também importante para o conhecimento de um povo e de uma cultura. Já os diretores parabenizaram tanto os alunos por participarem da competição quanto os organizadores do evento, os professores do Instituto Confúcio.

Show de talento

Para a etapa do “show de talento”, muitos alunos compartilharam suas razões de aprender chinês, bem como suas histórias pessoais com a língua. Devido à pandemia, os cursos para o ensino médio têm ocorrido de forma on-line há dois anos, sem aulas presenciais, o que sem dúvida torna mais desafiador tanto o domínio da escrita dos caracteres chineses quanto o da pronúncia dos tons, característicos do mandarim. No entanto, a proficiência demonstrada pelos alunos durante a competição é significativa do esforço que eles empenharam ao longo do tempo para contornar estas dificuldades. Na parte de show de talentos, foi possível observar os números apresentados pelos competidores, dentre eles canções, leituras de poesia, danças e instrumentos musicais típicos da cultura chinesa. Vale destacar a apresentação com a espada de Tai Chi, que surpreendeu os convidados.

Confira aqui o vídeo completo da apresentação!

Encerramento

Ao final, após quase três horas de competição, foram decididos o primeiro, segundo e terceiro prêmios do grupo de estudantes do Ensino Médio e do grupo Universitário. O professor Bruno, diretor brasileiro do Instituto Confúcio na Unicamp, anunciou a lista de vencedores e parabenizou todos os participantes e vencedores. O Chinese Bridge abre um novo mundo, que contém muitas oportunidades e possibilidades. O evento foi finalizado com a foto do grupo de todos os participantes, convidados e organizadores.

Os vencedores dos dois grupos representarão nosso Instituto na próxima etapa do evento, em maio deste ano, no nível nacional da competição. Desejamos-lhes bons resultados!